Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

FUGAS DO MEU TINTEIRO

Imagens e palavras de um mundo onde há menos gente

FUGAS DO MEU TINTEIRO

Imagens e palavras de um mundo onde há menos gente

"Jorrando sem virgular"

João-Afonso Machado, 07.02.21

CASCATA.JPG

Ouve o sol não visível

abrindo em janela o pensar onde é possível

um olhar dele a sonhar

 

até contigo… velho amigo

sempre a lamuriar o dia da morte

ainda não a tua sorte

e por isso ergue o porte

e continua a alma e o ténue dizer dos dias

 

que hás de viver

onde continuarão sem antes sintas a hora

de ires embora

 

não te adiantes e sê paciente

 

que há vozes de podridão

e uma mente de agora

amigo 

 

querendo-te fora esquecido num mar

assim comigo também

 

esses que sonham matar

indo e indo sempre além.