Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

FUGAS DO MEU TINTEIRO

Imagens e palavras de um mundo onde há menos gente

FUGAS DO MEU TINTEIRO

Imagens e palavras de um mundo onde há menos gente

Mesmo sem bússola

João-Afonso Machado, 03.06.21

IMG_3006.JPG

- Onde?

Mas é o silêncio que responde. Um silêncio tosquiado, mais forte do que a aragem. E o chaparro ao longe, talvez conseguisse lá chegar, mas as águas amareladas de fatal secura tolhem os passos e os braços, e a vontade petrifica e afoga-se nas vagas imensas a espumar de terra esfarelada.

- Onde?

Assim desde a manhã. Sem qualquer indicação, Nem um sol, sombra alguma, uma ave voando para sul...

- Onde?

Somente um espírito agitado e pressentindo. Sentimentos revoltos e o febril acordar dos presságios. Mas sempre a irresistível vontade de ir.

- Onde?